Este site usa cookies e tecnologias afins que nos ajudam a oferecer uma melhor experiência. Ao clicar no botão "Aceitar" ou continuar sua navegação você concorda com o uso de cookies.

Aceitar

CRO

7 Ferramentas mais usadas pelo analista de dados

Gabriele Lavreca
Escrito por Gabriele Lavreca em 18 de outubro de 2021
7 Ferramentas mais usadas pelo analista de dados
Faça parte da nossa comunidade!

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos

7 Ferramentas mais usadas pelo analista de dados

Para que os dados coletados de fato tenham relevância e sejam úteis a empresa, existe um profissional que é capacitado e conhece as ferramentas necessárias para interpretar os dados e convertê-los em informação.

Antes de falarmos sobre as ferramentas, vamos entender melhor o que faz um analista de dados? 

Profissional de analytics ou analista de dados

O profissional de analytics, tem como tarefa, analisar os dados, sejam eles quantitativos e/ou qualitativos. Com esses dados, é possível direcionar o time na tomada de decisão baseado em um comportamento real do público, e não apenas em achismo. Além de organizar e fazer com que todos os números se tornem informações mais visuais.

Ferramentas para um analista de dados

Excel

O Excel é uma ferramenta geralmente usada no dia a dia do analista de dados para criação de planilhas

O Excel é uma ferramenta geralmente usada no dia a dia do analista de dados para criação e edição de planilhas.

Parte do pacote Office, da Microsoft, a ferramenta permite organizar e controlar informações, sejam elas numéricas ou textuais. Também é possível criar diferentes tipos de gráficos, e até mesmo dashboards para apresentação dos dados. 

Entre inúmeras funcionalidades o Excel é conhecido por facilitar a rotina de quem precisa organizar, controlar ou até automatizar algum processo.

Google Sheets

O Google Sheets também é um editor de planilhas, como o Excel, porém, faz parte do pacote do Google. Uma das vantagens do Sheets é que as informações são salvas na nuvem instantaneamente evitando que alguma informação importante se perca. Além disso, por ficar salvo na nuvem, os documentos podem ser acessados de qualquer lugar e/ou aparelho, basta fazer o login com a conta G-mail. Outra vantagem é que a planilha pode ser dividida com mais pessoas e todas podem fazer alterações simultaneamente, sem ser necessário um novo compartilhamento das informações.

Tableau

O Tableau é uma ferramenta usada principalmente na criação de dashboards para apresentação de dados. Por ele, é possível criar gráficos e tabelas bem atraentes e funcionais, além de ter diversas integrações com outras ferramentas de análise como Google Analytics, Facebook Ads, Google Ads, Sheets, Hadoop e Salesforce.

Google Data Studio

O Google Data Studio é uma ferramenta para análise de dados e construção de dashboards.

O Google Data Studio, como o Tableau, é uma ferramenta que permite a criação de dashboards, porém, gratuita. Pela ferramenta é possível transformar as fontes de dados não relacionadas em informações coerentes, possibilitando a combinação de dados de diferentes plataformas num só lugar. 

A ferramenta possui integração com outros recursos do Google, como Sheets, Analytics e Trends. Permitindo a construção de relatórios completos e com compartilhamentos ilimitados.

Power BI

O Power BI é uma ferramenta de Business Intelligence da Microsoft, onde também é possível criar relatórios e dashboards. Funciona como o Tableau e o Google Data Studio. Mas aqui, por ser da família Microsoft, permite integração com as demais ferramentas do pacote Office. 


O Power BI possui diversas opções de exibição e variedade de modelos. Disponibiliza uma versão gratuita com limitações e uma versão paga.

Google Analytics

O Google Analytics é uma ferramenta gratuita do Google que permite todo um mapeamento do que acontece dentro do seu site. Pode parecer amplo, mas ele coleta dados que podem ir desde informações da sua audiência como local, idade e gênero até o valor de transações e receita gerada em determinado período. Com ele também é possível analisar as principais fontes de tráfego e avaliar os canais que mais convertem .

O profissional de dados consegue extrair os números do seu web site por meio do Analytics e também conectá-los a outras ferramentas de análise como as citadas acima,

Adobe Analytics

Bem parecido com o Google Analytics, o Adobe Analytics busca trazer informações sobre o comportamento de um usuário em um site. É uma ferramenta focada para lojistas e varejistas de grande porte, ou seja, ecommerces. Entre os principais diferenciais, podemos citar a flexibilidade e customização, enquanto o Google Analytics possui soluções já pré-definidas.

Hotjar

O Hotjar é uma ferramenta que permite visualizar o que o visitante do seu site faz ao entrar nele. Além de trazer uma visão de mapa de calor, que nos mostra onde usuário mais clica/fica durante a navegação.

E aí? Qual ferramenta você gostou mais?

Gostou de conhecer um pouco mais sobre o profissional de Analytics e as ferramentas utilizadas no dia a dia?

Quer saber mais sobre esse assunto? Aqui na Kamelus, temos cursos de especialização para profissionais que querem mudar de área e profissionais que já atuam na área de analytics.

Clique aqui para saber mais sobre os nossos cursos.

Se ainda tem dúvidas sobre a profissão ou as ferramentas, comenta aqui em baixo. Ficaremos felizes em bater um papo com você.

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *